Share/Bookmark

Culinária e turismo

No comment yet
Os turcos têm muito orgulho de seu talento culinário. E não é para menos. Se você nunca provou da culinária turca então esta será uma ótima surpresa durante sua viagem ao país!

A culinária da Turquia está muito baseada na carne, e os vegetarianos radicais têm pouca ou nenhuma variedade em suas refeições.

Os restaurantes turcos são divididos em duas categorias: os restorans e os lokanta. A maioria dos restorans oferecem um tipo de menu à la carte, onde os pratos são preparados de acordo com o pedido. Já os lokantas têm um meio alternativo de oferecer suas especialidades: os pratos já estão preparados e ficam à mostra, em bandejas de banho maria que os mantêm aquecidos. Geralmente há uma farta e saborosa seleção de sopas e ensopados.

Os lokantas costumam ser mais baratos que os restorans, e neles você pode comer bastante por um preço bem razoável.

Para dar-lhe uma idéia do que você irá encontrar, segue abaixo uma breve descrição dos pratos mais populares.

Como lanche, pode-se comer um tost - um tipo de sanduíche de pão torrado recheado de queijo derretido, algum tipo de embutido ou tomate. Há também a opção dos famosos doner kebab, bastante conhecidos no Ocidente. Note que os recheios do doner kebab tradicional são bem mais simples dos apresentados na versão ocidentalizada do lanche.

Aqueles que procuram uma refeição completa provavelmente começarão com um meze, que é uma seleção de aperitivos quentes ou frios. Há uma grande variedade de molhos, legumes em conserva, iogurtes e saladas, servidos junto com borek - uma massa frita recheada com queijo ou carne picadinha.

Se o clima estiver mais frio, você pode querer começar com uma tigela de sopa (corba - pronuncia-se tchorba). As melhores são a mercimek (lentilha) e a yayli (sopa de iogurte com sabor de menta).

Sua refeição principal normalmente consistirá de um prato com carne. Na maioria das vezes algum tipo de kebab ou kofte. Estes pratos normalmente serão feitos com carne de carneiro, mas também podem ser de frango ou bovinos. Nunca carne de porco!

Existem inúmeras maneiras de se preparar kebab, cada um com características da culinária de cada região. Na região centro-oeste do país há uma grande variedade de carnes disponíveis, enquanto que nas zonas litorâneas o peixe é a principal fonte de proteína e ingrediente para a maioria dos pratos típicos.

As refeições principais serão servidas com uma pequena salada e um acompanhamento que pode ser de arroz, batatas fritas ou alguma massa. Outros legumes podem ser encontrados e normalmente são preparados com algum tipo de molho. Kuru Fasuliye é um prato delicioso feito com feijões brancos no molho de tomate, e Taze Fasuliye é um prato com um tipo de vagem cozida no caldo de carne.

Todas as refeições são servidas com pão, que pode ser do tipo Pide (um pão achatado, feito sem fermento), ou do tipo baguette (crocante por fora com miolo branco e macio), similares às francesas.

Outro prato bastante popular na Turquia é o Pide, que consiste basicamente de um tipo de pizza feita com o pão pide (descrito acima) coberto com queijo, tomate, carne picada, ovos, salames ou outros recheios de sua preferência. Para os mais indecisos (ou mais gulosos), há a opção de pedir um karasik (pronuncia-se karashik), que é um pide coberto com todas os recheios disponíveis!

Uma variação mais simples e barata é o lahmacun, que é o pão pide coberto com carne fatiada, tomates e cebolas. Uma ótima opção para um lanche rápido!

Se você tiver a oportunidade, não deixe de experimentar gozleme - um prato muito apreciado nos pequenos vilarejos. O melhor modo de descrever este prato é como um crepe, que pode ser recheado com queijo, batata e até espinafre

As sobremesas turcas, como o baklava e o kemel pasa são extremamente doces. Os sorvetes também possuem uma consistência mais firme e caramelada, diferente dos sorvetes cremosos que estamos acostumados.

Frutas e castanhas frescas são encontradas em praticamente todo lugar. A Turquia produz melancias, cerejas, pêssegos, uvas, maçãs, pêras, laranjas, figos, avelãs e pistaches, que normalmente vão diretamente dos pomares para os mercados, e encantam os viajantes com suas cores e aromas.

Quanto às bebidas, os refrigerantes tradicionais são encontrados em todos os lugares, mas também existem algumas variações locais que merecem sua atenção. Ayran é um iogurte salgado, que varia de um lugar para o outro e por isso pode ter um sabor ótimo ou horrível.

Alguns viajantes se surpreendem com o fato da bebida mais popular da Turquia ser o chá (cay, pronuncia-se tchay) e não o café. Isto deve-se principalmente ao fato de o café ser uma bebida relativamente cara, enquanto que o chá mantém seu preço baixo graças ao fato da Turquia ser um grande produtor desta bebida.

Para os fãs de café, a variação turca (forte e adocicada) é imperdível.

Apesar de 99% da população ser muçulmana, bebidas alcoólicas são encontradas em qualquer lugar. As marcas de cervejas locais Efes e Tuborg são ótimas opções.

Raki é a principal bebida alcóolica turca. É fortíssima e só deve ser bebida misturada com água ou quando acompanhada de canapés (meze). Também pode ser misturada ao caldo da melancia, e, em quantidades razoáveis, é ótimo para acompanhar longas conversas.

Os vinhos variam consideravelmente de região para região, mas os produtores principais oferecem algumas opções surpreendentemente agradáveis, como o branco Cankaya, o tinto Yakut ou o Doluca Antik.


Postar um comentário

Followers

Google+ Followers

HOME | ABOUT

Copyright © 2011 igvarekai | Powered by BLOGGER | Template by 54BLOGGER